Biorreator Fossa Séptica + Filtro Anaeróbio

Código: BIOREATOR

Biorreator 

(Fossa Séptica + Filtro Anaeróbio)

 

Biorreator é o sistema Fossa Séptica e Filtro Anaeróbio da Hydro Z, utilizado para realizar o tratamento de esgotos previamente a sua destinação, evitando que este efluente seja lançado diretamente no solo ou corpo d' água.

Esse equipamento disponibiliza Fossa Séptica e Filtro Anaeróbio em um único compartimento, o que permite economizar espaço, facilitar instalação e transporte, além de assegurar a eficiência do tratamento por garantir perfeito nivelamento entre fossa x filtro.

O equipamento Hydro Z atende as normas NBR 7229 e NBR 13969, é fabricado em materiais resistentes, e com alto nível de eficiência na remoção de matéria orgânica e redução de DBO, assegura melhoria de higiene e condições da saúde geral, em regiões que não são servidas por rede de coleta pública de esgotos, ou para adequação prévia a coleta de rede pública.

Solução 2 em 1, com fossa séptica e filtro anaeróbio em um único compartimento Fácil interligação com a rede de esgoto e prática limpeza por "Tampas de Acesso" Leito de contato em material sintético garante qualidade diferenciada ao tratamento Atende normas NBR 7229 e NBR 13969 para tratamento de efluentes sanitários

 

 

Vantagens

Solução 2 em 1, com fossa séptica e filtro anaeróbio em um único compartimento.

Fácil interligação com a rede de esgoto e prática limpeza por "Tampas de Acesso".

Leito de contato em material sintético garante qualidade diferenciada ao tratamento.

Dotado de vedações que evitam a emissão de odores.

Resistente, evita vazamentos e a previne doenças relacionadas ao saneamento básico.

Atende normas NBR 7229 e NBR 13969 para tratamento de efluentes sanitários.

 

 

Funcionamento

Equipamento que disponibiliza Fossa Séptica e Filtro Anaeróbio em um único compartimento, permitindo o tratamento de efluentes sanitários de forma eficiente.

O efluente bruto entra no primeiro compartimento do Biorreator (Fossa) e a diferença de densidade faz com que partículas mais leves flutuem, gerando escuma, e as partículas mais pesadas sedimentem formando o lodo.

A parte central entre escuma e lodo será coletada pela tubulação e levada por um distribuidor até a parte inferior do segundo compartimento (Filtro Anaeróbio). Nesta área, barriletes fazem a distribuição pelo Leito de Contato de forma ascendente, permitindo que o efluente entre em contato com bactérias que são responsáveis pelo tratamento.

Ao final do ciclo, a matéria orgânica é digerida e a água com cargas orgânicas reduzidas é direcionada para rede pública ou descartada de forma adequada.

 

 

Componentes

01 peça – Biorreator (Fossa Séptica + Filtro Anaeróbio)

01 peça – Conjunto de Leito de Contato Sintético

01 peça - Conjunto de Flanges de Vedação

01 peça - Kit de Tubulações Internas

01 peça - Distribuidor interno

 

 

Aplicação:

 Tratamento de efluentes sanitários para contribuições de até 1.2m³ por dia

 

 

Especificações técnicas

 Volume total da Fossa Séptica: 3.9m³

Volume útil da Fossa Séptica: 2.0m³

Volume total do Filtro Anaeróbio: 1.9m³

Volume útil do Filtro Anaeróbio: 1.0m³

Capacidade de tratamento: 1.2m³ por dia

Conexões de entrada e saída: DN100

Índice de redução de DBO: aproximadamente 80% * *

Valores estimados, podendo variar de acordo com condições de uso.

 

 

Instalação

Passo 1 – Identifique o local em que o equipamento será instalado e isole a área.

Passo 2 - Realize a abertura da cava, prevendo uma distância de aproximadamente 40cm entre a lateral do equipamento e as paredes da cava.

Passo 3 – Cubra o fundo da cava com uma camada de 6cm de concreto e realize o nivelamento.

Passo 4 – Posicione o Biorreator no interior da cava.

Passo 5 – Construa uma caixa de inspeção na entrada e uma na saída do equipamento.

Passo 6 – Conecte as tubulações provenientes do sistema de esgotamento sanitário na entrada do Biorreator com declividade de 2%.

Passo 7 – Conecte as tubulações de saída do equipamento com a rede pública de coleta de esgotos ou Leito Vegetativo / Sumidouro / Vala de Infiltração.

Passo 8 – Preencha o interior do Filtro Anaeróbio (Reservatório Interno) com água até o nível das tubulações.

Passo 9 – Preencha o interior da Fossa Séptica (Reservatório Externo) até que a água comece a circular no interior do Filtro Anaeróbio.

Passo 10 – Preencha a cava com 30cm de areia e compacte hidraulicamente.

Passo 11 – Repita o Passo 10 até recobrir toda a lateral do equipamento.

Passo 12 – Deposite uma camada de aproximadamente 10cm de brita na cava, no entorno do equipamento.

Passo 13 – Posicione as Câmaras de Calçada acima das Tampas de Acesso do equipamento e realize o travamento.

Passo 14 – Construa uma laje e realize a concretagem do piso. (É importante que a concretagem não seja realizada diretamente sobre o equipamento.)

Passo 15 – Caso o nível do lençol freático seja elevado no local da instalação, será necessário ancorar o equipamento utilizando olhais de aço e cabos de aço encapados por mangueiras.

 

 

Manutenção

Passo 1 – Chame o caminhão Limpa-Fossa ou utilize uma bomba elétrica.

Passo 2 – Remova as Câmaras de Calçada e as Tampas que dão acesso à Fossa Séptica e ao Filtro Anaeróbio e mantenha aberta por 5 minutos antes de qualquer operação.

Passo 3 – Faça a sucção do lodo contido no interior da Fossa Séptica mantendo aproximadamente 10% do volume inicial.

Passo 4 – Faça a sucção do efluente no interior do Filtro Anaeróbio.

Passo 5 – Preencha com água limpa o Filtro Anaeróbio até o nível da tubulação e posteriormente a Fossa Séptica.

Passo 6 - Feche a Tampa de Acesso do equipamento e a Câmara de Calçada.

 

Produtos relacionados

Pague com
  • Pagar.me
Selos

Seu Posto Equipamentos Eireli - CNPJ: 20.883.537/0001-54 © Todos os direitos reservados. 2019